Encantadas

Os leitores que acompanham a trajetória de José Carlos Limeira – desde a edição de Atabaques, em parceria com Éle Semog (1983), em 1983 – reconhecem nela a ligação com uma linhagem poética que conta com nomes como Luís Gama, Solano Trindade, Agostinho Neto e Langston Hughes. Nessa mesma linhagem, José Carlos Limeira estreita os laços com as poéticas de Carlos Assumpção, Oswaldo de Camargo, Adão Ventura, Luís Silva (Cuti), apenas para iniciarmos uma longa lista de poetas que articulam um diálogo crítico entre a criação poética e a análise da vida em sociedade. Por demonstrar o quanto da experiência poética se exprime como experiência humana no tempo e no espaço (e, portanto, como vida socialmente construída) e o quanto a percepção da sociedade se revela por meio da linguagem (e, por isso, como produção de sentido decorrente das relações que os indivíduos estabelecem entre si), essa linhagem se oferece como instrumento crítico aos poetas que pensam o trânsito do homem no mundo como um jogo tenso, articulado a partir de embates e negociações.

R$35,00

Peso 0,30 kg

1 avaliação para Encantadas

  1. Editora Ogums

    Não conhecia o autor José Carlos Limeira e amei suas palavras.
    Me derreti, me entreguei para muitas poesias, me senti sua musa, me senti amada.
    Foi tanto amor que li que me aconcheguei nessas páginas. E junto ao friozinho do inverno e dos festejos juninos eu acolhi e fui acolhida por essa leitura.
    Cheio de amor, volúpia e sensualidade é ao mesmo tempo uma calmaria. Pois quando lemos não sabemos o que é amor e o que é paixão, tudo se mistura, as vezes num mesmo texto.
    Eu começo a ler, logo vem uma torrente de agitação ( é a volúpia tomando conta), depois me embriago de calor e de afeto ( é o amor) e sempre finalizo com um: oh que lindo!!! seguido de suspiros.
    Apaixonada pelo poema superlativo, lembrei de exagerado de Cazuza, tão intenso quanto.
    Mas o clima dos escritos é sempre de Carpe Diem, de aproveitar momentos bons, de alegria, de liberdade sexual e de amor.
    Palavras escritas para uma musa que as vezes parece bem próxima e as vezes parece inacessível.
    As vezes percebo uma musa super popular, como as várias mulheres da sociedade, e as vezes é uma musa espiritualizada.
    Eu consigo sentir essas palavras como letras de música, harmônica, melodiosa e envolvente.
    Amei a obra. Muito linda.
    Dany Pitt (@dbritosilva28)
    Bibliotecária e leitora voraz
    22 de junho de 2022

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de e-mail não será publicado.